Ainda não há comentários

CGU será mantida como ministério

cgu compliance brasilAnúncio foi publicado na intranet na manhã desta sexta-feira, 2 de outubro, após grande repercussão da Mobilização em Defesa do órgão.

A Controladoria-Geral da União (CGU) será mantida como ministério. O comunicado foi publicado na intranet da CGU na manhã desta sexta-feira, 2 de outubro, e deve ser anunciado ao público pela equipe de governo, envolvida na Reforma Ministerial, até o fim do dia. No texto, o ministro-chefe da CGU, Valdir Simão, ressalta o “comprometimento de todos os servidores na promoção do convencimento da importância do papel institucional do órgão”. A manutenção dostatus da Controladoria foi definida após grande repercussão da Mobilização em Defesa da CGU. O movimento, promovido pelos servidores, conquistou o apoio de importantes instituições, organizações e figuras públicas que atuam no combate à corrupção.

Confira a íntegra do comunicado abaixo.

Prezado colega,

É com satisfação que comunicamos a manutenção do status da CGU como ministério, no âmbito da reforma administrativa. Nesse sentido o Governo Federal reafirma o seu compromisso no enfrentamento à corrupção e na busca do aprimoramento e transparência da gestão pública.

Ressaltamos o comprometimento de todos os servidores na promoção do convencimento de nosso papel institucional.

A valorização de nossa organização, evidenciada nesses dias de forma tão contundente em diferentes frentes, deve ser continuamente traduzida pela relevância e efetividade de nossos trabalhos. Uma CGU forte não pode ser um evento passageiro, mas uma construção permanente de todos nós, em favor da sociedade brasileira e da democracia.

Parabéns a todos!

Valdir Moysés Simão
Carlos Higino Ribeiro de Alencar
Francisco Eduardo de Holanda Bessa
Luis Henrique Fanan
Patricia Souto Audi
Waldir João Ferreira da Silva Junior

Publicado por UNACON, em 02/10/2015

Publicar um comentário